Geral

Agência Curitiba firma parceria com universidade do Vale do Silício

Na imagem, em pé da esquerda para direita temos Letícia Justus, Crystiano Cândido e Alessandra Reis e sentados Danielle Fausto, Osmar Zózimo de Souza Júnior e Cris Alessi (Foto: Divulgação)

A Agência Curitiba vai trocar experiências e discutir parcerias nas áreas de tecnologia e sustentabilidade com a Singularity University, renomada universidade do Vale do Silício, nos Estados Unidos.  

A parceria foi definida pela presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi, em reunião, nesta semana, no Engenho da Inovação, com Danielle Fausto, especialista em Gestão Empresarial e coach e Osmar Zózimo de Souza Júnior, membro responsável pelo Chapter da Singularity University em Curitiba.

No encontro, realizado na terça-feira (16/7), foram apresentadas as ações do Vale do Pinhão e discutidas parcerias e contribuições entre a Singularity e a Prefeitura de Curitiba.

A Singularity University nasceu no Vale do Silício e é uma comunidade global de aprendizado e inovação, que usa tecnologias exponenciais para solucionar os maiores desafios que o mundo enfrenta na atualidade como fome, mobilidade, mudanças climáticas, entre outros.

“São ações alinhadas com o movimento do Vale do Pinhão e os projetos que estão sendo desenvolvidos em Curitiba” diz Cris Alessi.

Colaboração

O foco das duas instituições é trabalharem juntas, de forma colaborativa, não somente por meio do capítulo de Curitiba, mas com toda a comunidade global da Singularity em mais de 127 países, abrindo portas para troca de conhecimento, experiências e iniciativas, trabalhando com o impacto das tecnologias e inovação. A ideia é fazer reuniões e eventos em conjunto.

A Singularity é uma universidade que foge do comum. Fundada em 2009 por Peter Diamandis, engenheiro e empreendedor norte-americano, e pelo inventor e diretor de engenharia do Google, Ray Kurzweil, ela têm entre apoiadores nomes como  Google, Nokia, Kauffman e Cisco.

Entre as muitas particularidades, a universidade fica dentro de uma base de pesquisa da NASA, no Vale do Silício, o mais conhecido centro mundial de inovação na Califórnia, Estados Unidos. Além disso, o nome "singular"  foi inspirado no livro The Singularity is Near, de Ray Kurzweil, que aborda o acelerado desenvolvimento vivenciado pelas áreas de ciência e tecnologia.